Classificados
Indicação oficial de Rafael Silva garante 100% de aumento da verba para Hemocentro Ribeirão
Bene Abreu:
16 de dezembro de 2021
Deputado tratou, pessoalmente, com relator do Orçamento do Estado e liderou Frente Parlamentar desde 2019, em defesa da instituição, que atende 249 cidades Por indicação oficial do deputado estadual Rafael.
Início » Indicação oficial de Rafael Silva garante 100% de aumento da verba para Hemocentro Ribeirão

Deputado tratou, pessoalmente, com relator do Orçamento do Estado e liderou Frente Parlamentar desde 2019, em defesa da instituição, que atende 249 cidades

Por indicação oficial do deputado estadual Rafael Silva, o Hemocentro de Ribeirão Preto terá um reajuste de 100% nas verbas anuais, passando de R$ 7,5 milhões para R$ 15 milhões. Desde 2019, Rafael Silva vem trabalhando pelo aumento de recursos para a instituição, que atende pacientes e moradores de 249 cidades, com coleta e transfusão de sangue, além de pesquisa para cura de doenças, como o câncer. Em 13 de outubro, após pressão da Frente Parlamentar criada e coordenada por Rafael, o governo publicou o Decreto 66.125, destinando R$ 5 milhões para auxiliar, momentaneamente, o Hemocentro.
Rafael Silva levou o assunto pessoalmente ao relator do Projeto de Lei orçamentária do Estado de São Paulo, deputado Adalberto Freitas, que recebeu o pedido formal de Rafael, em diálogo no plenário, seguido por pronunciamento de Rafael na Assembleia Legislativa no último dia 24 de novembro, e depois confirmado por meio de ofício.
Sem recursos, algumas unidades da rede Hemocentro foram obrigadas a reduzir o horário de atendimento desde o dia 1º de julho deste ano. Rafael Silva apurou que, com isso, houve redução no número de doações e no estoque de sangue. Antes, a média de coleta por mês era de 8.500 bolsas em todas as unidades. Em julho, a coleta caiu para 7.008. Em agosto, foram 7.419 bolsas. Ou seja, de 17.000 bolsas previstas para os dois meses, houve coleta de 14.427, resultando em 2.573 bolsas a menos.
Em 2019, o deputado Rafael Silva expôs ao governo do Estado a necessidade de reajuste do orçamento do Hemocentro. Para reforçar a importância do assunto, ele criou uma Frente Parlamentar em novembro daquele ano, reuniu a presidência da Assembleia, falou com o vice-governador Rodrigo Garcia, registrou várias solicitações em ofícios ao governador João Doria, ao atual secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, e ao secretário anterior, José Henrique Germann.
Ainda em 2019, Rafael Silva enviou ofícios para o governo, numerados de 044 e 045, dirigidos aos secretários de Desenvolvimento Regional e da Casa Civil, também, sobre a urgência de adequação no orçamento da rede Hemocentro.
Em razão dos incontáveis pedidos de Rafael Silva e apontamentos da gravidade da situação, o governo de São Paulo abriu expediente para tratar especialmente desse caso, em 15 de julho de 2020, com o código SES-EXP-2020/31212, após novo ofício de Rafael Silva, com a identificação de número 025/2020.
Em reunião da Frente Parlamentar, no último mês de setembro, o professor e doutor Dimas Covas, diretor-presidente do Hemocentro, explicou que desde 2010, não há reajuste por parte do governo federal, pela tabela SUS. “Pelo Estado, tivemos uma redução, ao longo dos anos. O que representava 9% agora significa apenas 4% da verba que vem pelo Hospital das Clínicas”, ressaltou.
Rafael Silva vinha alertando para o risco da falta de sangue. “Ninguém sabe quem será a próxima pessoa que precisará de uma doação. Todos os serviços do Hemocentro são fundamentais para a região de Ribeirão, para a população de todas as cidades que são beneficiadas. Só quem precisou de sangue e teve sua vida salva, ou a vida de um filho, de um familiar, sabe o valor dessa luta em favor do Hemocentro”, afirmou. “Agora, depois de muito trabalho, conseguimos trazer essa notícia maravilhosa, importante para toda a nossa população”, destacou o deputado.

Você também pode gostar

Desenvolvido por:
phonefacebookwhatsapp