Classificados
Monte Alto ganha novos 267 habitantes entre 2020 a 2021, segundo estimativa do IBGE
Bene Abreu:
28 de agosto de 2021
Maior município da região, Ribeirão Preto ganhou 8.291 pessoas em um ano, e ultrapassou a marca de 720 mil, enquanto cidades como Cássia dos Coqueiros e Jeriquara tiveram redução A.
Início » Monte Alto ganha novos 267 habitantes entre 2020 a 2021, segundo estimativa do IBGE

Maior município da região, Ribeirão Preto ganhou 8.291 pessoas em um ano, e ultrapassou a marca de 720 mil, enquanto cidades como Cássia dos Coqueiros e Jeriquara tiveram redução

A região de Ribeirão Preto atinge a marca de 2.695.477 habitantes em 2021, segundo aponta uma estimativa divulgada ontem, sexta-feira, 27,  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O número representa uma alta de 0,86% em relação à projeção de 2020, acima da média nacional, de 0,7%. Com isso, em um ano, as 66 cidades área de cobertura da EPTV, afiliada da TV Globo em Ribeirão Preto, ganharam 23.031 habitantes.
"Os efeitos da pandemia da Covid-19 no efetivo populacional não foram incorporados na projeção, devido à ausência de novos dados de migração, além da necessidade de consolidação dos dados de mortalidade e fecundidade, fundamentais para se compreender a dinâmica demográfica como um todo", informou em nota o IBGE.
Ribeirão Preto superou a marca dos 720 mil habitantes ao ganhar 8.291 moradores entre 2020 e 2021, o que representa uma evolução demográfica de 1,16%. Com isso, a cidade concentra 26,7%, ou seja, mais de um quarto, de todo o contingente populacional da região.
Nas outras três cidades com mais habitantes da região, o acréscimo foi de 0,58% em Barretos, agora com 123.546; 0,74% em Franca, segundo maior município com 358.539 pessoas; e 1,01% em Sertãozinho, que agora atinge 128.432 moradores.
Segundo a estimativa do IBGE, a cidade com menor população da região segue sendo Santa Cruz da Esperança, com 2.166 habitantes, 0,6% em comparação com o ano passado.

As projeções do IBGE ainda apontam que dos 66 municípios, cinco tiveram quedas nos números populacionais. São eles:

  • Cássia dos Coqueiros (-17 moradores).
  • Jeriquara (-8 moradores).
  • Monte Azul Paulista (-40 moradores).
  • Santa Ernestina (-11 moradores).
  • Taiúva (-2 moradores).

Essas localidades, juntas, somam 35.698 pessoas, 78 a menos do que há um ano.

Estimativa populacional entre 2020 e 2021 nas 66 cidades da região:

  • Altinópolis: de 16.203 para 16.221 habitantes
  • Aramina: de 5.655para 5.689 habitantes
  • Barretos: de 122.833 para 123.546 habitantes
  • Barrinha: de 33.180 para 33.537 habitantes
  • Batatais: de 62.980 para 63.438 habitantes
  • Bebedouro: de 77.555 para 77.612 habitantes
  • Brodowski: de 25.277 para 25.605 habitantes
  • Buritizal: de 4.514para 4.547 habitantes
  • Cajuru: de 26.393 para 26.613 habitantes
  • Cândido Rodrigues: de 2.799 para 2.805 habitantes
  • Cássia dos Coqueiros: de 2.505 para 2.488 habitantes
  • Colina: de 18.535 para 18.601 habitantes
  • Colômbia: de 6.216 para 6.223 habitantes
  • Cravinhos: de 35.579 para 35.858 habitantes
  • Cristais Paulista: de 8.718 para 8.803 habitantes
  • Dobrada: de 9.010 para 9.088 habitantes
  • Dumont: de 10.023 para 10.174 habitantes
  • Fernando Prestes: de 5.794para 5.805 habitantes
  • Franca: de 355.901 para 358.539 habitantes
  • Guaíra: de 41.040 para 41.283 habitantes
  • Guará: de 21.308 para 21.394 habitantes
  • Guariba: de 40.487 para 40.857 habitantes
  • Guatapará: de 7.709 para 7.760 habitantes
  • Igarapava: de 30.614 para 30.791 habitantes
  • Ipuã: de 16.604 para 16.794 habitantes
  • Itirapuã: de 6.543 para 6.587 habitantes
  • Ituverava: de 42.045 para 42.259 habitantes
  • Jaborandi: de 6.946 para 6.963 habitantes
  • Jaboticabal: de 77.652 para 78.029 habitantes
  • Jardinópolis: de 44.970para 45.544 habitantes
  • Jeriquara: de 3.151 para 3.143 habitantes
  • Luís Antônio: de 15.292para 15.628 habitantes
  • Miguelópolis:de 22.355 para 22.480 habitantes
  • Monte Alto: de 50.772 para 51.039 habitantes
  • Monte Azul Paulista: de 18.968 para 18.928 habitantes
  • Morro Agudo: de 33.288 para 33.598 habitantes
  • Nuporanga: de 7.478 para 7.522 habitantes
  • Orlândia: de 44.360 para 44.682 habitantes
  • Patrocínio Paulista: de 14.807 para 14.941 habitantes
  • Pirangi: de 11.471 para 11.524 habitantes
  • Pedregulho: de 16.811 para 16.876 habitantes
  • Pitangueiras: de 40.080 para 40.430 habitantes
  • Pontal: de 50.852 para 51.717 habitantes
  • Pradópolis: de 21.873 para 22.239 habitantes
  • Restinga: de 7.679para 7.762 habitantes
  • Ribeirão Corrente: de 4.752 para 4.786 habitantes
  • Ribeirão Preto: de 711.825 para 720.116 habitantes
  • Rifaina: de 3.640 para 3.651 habitantes
  • Sales Oliveira: de 11.998 para 12.103 habitantes
  • Santa Cruz da Esperança: de 2.153 para 2.166 habitantes
  • Santa Ernestina: de 5.588 para 5.577 habitantes
  • Santa Rosa de Viterbo: de 26.753 para 26.960 habitantes
  • Santo Antônio da Alegria: de 6.977 para 7.024 habitantes
  • São Joaquim da Barra: de 52.319 para 52.737 habitantes
  • São José da Bela Vista: de 8.960para 8.991 habitantes
  • São Simão: de 15.385 para 15.446 habitantes
  • Serra Azul: de 14.981 para 15.292 habitantes
  • Serrana: de 45.644 para 46.166 habitantes
  • Sertãozinho: de 127.142 para 128.432 habitantes
  • Taiaçu: de 6.320 para 6.346 habitantes
  • Taiúva: de 5.564 para 5.562 habitantes
  • Taquaral: de 2.813 para 2.815 habitantes
  • Taquaritinga: de 57.364 para 57.547 habitantes
  • Terra Roxa: de 9.437 para 9.502 habitantes
  • Viradouro: de 19.017 para 19.133 habitantes
  • Vista Alegre do Alto: de 8.989 para 9.163 habitantes

  • Fonte: G1: Ribeirão e Franca

Você também pode gostar

Desenvolvido por:
phonefacebookwhatsapp