Classificados
Saúde de Taquaritinga confirma cinco casos de Influenza; entre eles, duas mortes
Bene Abreu:
11 de maio de 2020
A vacina está entre as principais medidas para prevenção da gripe Influenza. A campanha está em sua terceira fase A Secretaria Municipal de Saúde de Taquaritinga contabilizou cinco casos de.
Início » Saúde de Taquaritinga confirma cinco casos de Influenza; entre eles, duas mortes

A vacina está entre as principais medidas para prevenção da gripe Influenza. A campanha está em sua terceira fase

A Secretaria Municipal de Saúde de Taquaritinga contabilizou cinco casos de gripe Influenza nos quatro primeiros meses do ano, dos quais dois pacientes (de 42 e 53 anos), em fevereiro e março, acabaram falecendo em decorrência da doença. Os dados foram informados na quinta-feira, 7, através do departamento de Vigilância Epidemiológica do município.
De acordo com as informações, os pacientes têm entre 31 e 56 anos, diagnosticados entre os meses de fevereiro e abril. No momento, nenhum está hospitalizado na Santa Casa. Outras três pessoas estão internadas na unidade hospitalar e aguardam resultado dos exames de vírus respiratório.
A vacina está entre as principais medidas para prevenção da gripe Influenza. A campanha que esteve em sua segunda fase, imunizou pessoas com doenças crônicas, como caminhoneiros, adolescentes com medidas socioeducativas e pessoas privadas de liberdade. Em Taquaritinga, até o momento, a cobertura de vacinação para esse grupo foi de 64,25%, apontando a baixa procura em relação à primeira fase, que priorizou os idosos e cumpriu sua meta em apenas três dias.
A terceira fase da campanha foi iniciada nesta segunda-feira, 11, e terá duas etapas. Entre 11 e 17 de maio, o público-alvo será pessoas com deficiência; crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes e puérperas. Na segunda etapa, entre 18 de maio a 5 de junho, serão incluídos os professores das escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade.
O secretário municipal da Saúde, José Fonseca Neto, ainda afirmou que a administração pública segue intensificando as campanhas de prevenção às doenças respiratórias. Em relação à higiene preventiva, as recomendações são similares às de prevenção ao Covid-19 (coronavírus), como lavar as mãos várias vezes ao dia e utilizar o álcool em gel.

Fonte: Tribuna online

Você também pode gostar

Desenvolvido por:
phonefacebookwhatsapp